Herbário

Abacaxi

O fruto cheiroso

  • O abacaxi cultivo para consumo é da espécie Ananas comosus, ele é uma infrutescência tropical da Família Bromeliaceae, abrange cerca de 50 gêneros e 200 espécies.
  • É um fruto muito característico de regiões tropicais e subtropicais.
  • Cultivado originalmente na América do Sul, gradualmente começou a ser cultivado em outras partes do mundo como resultado de viajantes e historiadores que visitaram a América do Sul. 
  • Hoje, cerca de 25 milhões de toneladas de abacaxi são produzidas em todo o mundo, tornando-o a terceira fruta mais consumida, depois da banana e das frutas cítricas. 
  • Produtores famosos são China, Índia, Costa Rica, Brasil, Tailândia, Filipinas, Indonésia, Nigéria e Colômbia. Recentemente, a indústria do abacaxi desempenhou papéis importantes nas economias em desenvolvimento da China e da Índia. O abacaxi na China e na Índia é popular entre os entusiastas de frutas em suas formas de alimentos frescos e pré-embalados, como abóbora, geleia e geléia.
  • O Brasil é o quarto produtor mundial, com 2,32 milhões de toneladas em cerca de 68,15 mil hectares. A fruta é a quinta mais produzida no País, contribuindo com aproximadamente R$ 2,22 bilhões para o PIB agrícola. A produção é absorvida quase em sua totalidade pelo mercado interno.
  • O abacaxi contribui muito para a economia dos países que estão na vanguarda da sua produção.  Seu sabor único o torna inestimável na indústria alimentícia, pois é uma parte importante de muitas receitas. 
  • Quando está maduro, as suas folhas se soltam facilmente ao puxar, possui sabor ácido e adocicado, apesar do senso comum, o abacaxi não é uma fruta cítrica.
  • De acordo com o escritor e linguista Clóvis Chiaradia, o termo “abacaxi” (em português brasileiro) apresenta duas possíveis etimologias, ambas provenientes da família Tupi-Guarani, elas são:
    • a) da junção dos termos “I’bá” (fruto) e “cati” ou “caxi” (cheiroso), ou seja, “fruto de recende”;
      b) da junção dos termos “I’bá” (fruto), “caá” (folha) e “ti” ou “xi” (fruto de ponta aguda).
  • Na linguagem corrente do Brasil, tal como em Angola, costuma-se designar por “ananás” os frutos de plantas não cultivadas, de variedades menos conhecidas ou de qualidade inferior. Por sua vez, a palavra “abacaxi” costuma ser empregada não apenas para designar o fruto de melhor qualidade, mas a própria planta que o produz.
Abacaxi.

Abacaxi (Ananas comosus)

  • Origem: América tropical e subtropical (da região centro-sul do Brasil, nordeste da Argentina e Paraguai).
  • Outros nomes: ananás (português europeu), pineapple (em inglês).
  • O abacaxi é uma planta herbácea onde o caule atarracado da planta é circundado por folhas cerosas, estreitas e carnudas ao longo das margens com uma espinha afiada. 
  • Até 200 flores produzidas durante o desenvolvimento do fruto (fase de floração e frutificação), embora cultivares específicas de frutos grandes possam transcender isso; assim que florescem, o único grão das flores se combina para formar o abacaxi. 
  • Nas axilas das folhas, os rebentos laterais (chamados de ‘rebentos’ pelos produtores comerciais) são gerados após a produção dos primeiros frutos. 
  • Para fins de propagação (fase propagativa), estes podem ser removidos ou mantidos como tal entre a planta original para produzir frutos adicionais. Comercialmente, são cultivados rebentos que aparecem ao redor da base. 
Esquema com partes de um abacaxi.
  • A inflorescência em forma de espiga com haste de até 15 cm de comprimento cresce após 12 a 20 meses, cada uma subtendida por uma bráctea com mais de 100 flores trímeras dispostas em espiral. As cores das flores variam dependendo da variedade, do lilás ao roxo claro ao vermelho.
  • O abacaxi é uma infrutescência que assim como os frutos são resultado da fecundação das flores, as infrutescências são, a rigor, o resultado da fecundação de flores de uma inflorescência.
  • Entretanto, um uso mais corrente do termo “infrutescência” é associado a conjuntos compactos de frutos, onde cada fruto situa-se contíguo ou aderente ao outro, de forma que o conjunto se assemelhe a um grande fruto. Apesar da aparência externa coesa, essas infrutescências podem ser reconhecidas pela sua estrutura interna, apresentando um eixo central ao longo de todo o seu comprimento, com os frutos (semelhantes a “gomos”) inseridos neste.
  • Infrutescências (que em inglês se denominam multiple fruits ou collective fruits) não devem ser confundidas com frutos múltiplos:
    • A infrutescência é um conjunto de frutos pequenos originados de várias flores separadas, como o abacaxi, uvas, figo e jaca;
    • Os frutos múltiplos, como o morango, a fruta-do-conde, a framboesa ou a amora-da-silva, originam-se de uma única flor cujo ovário é formado por diversos carpelos livres ou ligeiramente aderentes entre si. Assim, o morango é um fruto múltiplo de aquénios, a framboesa e a amora-da-silva são frutos múltiplos de drupas (ou drupéolas). Também são chamados de pseudofrutos.
Tipos de inflorescências. A inflorescência do abacaxi é tipo espiga.
Floração do abacaxi do tipo inflorescência em espiga.
Inflorescência tipo espiga do abacaxi se tornando infrutescência.

Usos medicinais

  • Biologicamente, o abacaxi tem sido estudado por uma série de benefícios à saúde e foi considerado eficaz em complicações de pele como anticoagulante, em doenças cardiovasculares como analgésico que melhora o sistema imunológico, como meio de reduzir complicações gástricas, como contratante uterino na gravidez, e como supressor de tumor. Ele também é anti-reumático, anti-parasitária, antimicrobiano, auxilia na cicatrização de feridas, tem ação hepatoprotetora, cardioprotetora, antioxidante e anti-diabética.
  • O abacaxi possui muitos ingredientes biologicamente úteis, incluindo a bromelaína, que é um extrato bruto obtido do caule (bromelaína do caule EC. 3.4.22.32) e da fruta (bromelaína da fruta EC. 3.4.22.33). A bromelaína também é tratada como complemento alimentar. A bromelaína do caule é mais eminente do que a bromelaína da fruta. A bromelaína pode ser um grupo de enzimas que digerem proteínas. É uma combinação de endopeptidases tiol diferentes e constituintes químicos adicionais como fosfatase, glucosidase, peroxidase, celulase, escarase e vários inibidores de protease. Oferece um amplo espectro de atividades enzimáticas com uma faixa de pH de 5,5 a 8,0. Em meio aquoso, a bromelaína deteriora-se rapidamente durante a autodigestão. 
  • A folha, o caule e o fruto do abacaxi consistem em boas quantidades de vitaminas (C, A, B3, B6 e B12), ácidos orgânicos, açúcares (sacarose, frutose e glicose) e muitas enzimas proteinases, incluindo bromelaína e peroxidases. As atividades farmacológicas dependem de vários fitoquímicos ativos, como fenólicos, flavonóides, isoflavonas, etc. 
  • A cada 100 g de suco de abacaxi é possível encontrar: 0,54 g de proteína, 0,12 g de gordura, 13,52 g de carboidrato, 1,40 g de fibra bruta, 109 mg de potássio, 1 mg de sódio, 0,11 mg de cobre, 13 mg de cálcio, 12 mg de magnésio, 0,29 g de ferro, 0,5 mg de niacina, 0,079 g de tiamina, 58 UI de vitamina A, 47,8 mg de vitamina C.
Floração do abacaxi do tipo inflorescência em espiga.
  •  Do ponto de vista da medicina tradicional, a tribo Khamptis de Arunachal Pradesh, na Índia, usava suco de abacaxi para o tratamento de doenças do trato urinário, e a porção branca das folhas é usada para desparasitação. Bamileke, comunidades da região de Douala, nos Camarões, usaram o fruto de abacaxi para aliviar a febre amarela, a obesidade, a prevenção contra o cancro e para manter o nível de vitamina C e as folhas são usadas para aliviar a tosse e a icterícia. A fruta é utilizada para problemas gastrointestinais.

Cultivo

  • Ciclo de vida: Perene.
  • Tamanho: 1 a 1,5 m de altura.
  • Luz: Sol pleno.
  • Substrato: Boa drenagem e aeração, pH entre 4,5 e 5,5, rico em matéria orgânica.
  • Clima ideal: Tropical e Subtropical, entre 22°C e 32°C.
  • Água: á.
  • Plantio: Em época de pouca chuva.
  • Propagação: Sementes.
  • Observações gerais:
    • O plantio pode ser feito em covas ou em sulco, utilizando fileiras simples ou fileiras duplas, com densidades de 27 mil (1,20 x 0,30 metro) a 51.200 (0,90 x 0,40 x 0,30 metro) plantas por hectare. Indica-se o sistema de curva de nível em terrenos em declive. Coloque a muda verticalmente na cova/sulco, com um quarto a um terço de seu comprimento enterrado no solo.
    • Antes do plantio, adicione ao solo calcário dolomítico e termofosfatos magnesianos, além do fontes de fósforo (ex: superfostato simples) na cova ou sulco. Plantios comerciais exigem análise química do solo. Durante a fase vegetativa, são necessárias de três a quatro adubações, com aplicação de N(nitrogênio) e K (potássio) a partir do segundo mês. Faça capinas e/ou use cobertura morta para evitar ervas daninhas. Em locais de alta insolação, um mês antes da colheita, proteja os frutos com jornal, sacos de papel sem fundo ou palha seca.
    • Os maiores problemas da abacaxicultura são a fusariose, a murcha associada à cochonilha, a broca-do-fruto e o manejo inadequado da adubação. Todos esses fatores impactam na produtividade.
    • Na escolha da variedade de abacaxi deve-se levar em conta o destino da produção (consumo “in natura” ou indústria).
    • As cultivares mais conhecidas no Brasil são: Pérola ou Branco de Pernambuco, Smooth Cayenne e Jupi. Com o objetivo de obter variedades resistentes à fusariose e que produzam frutos de boa qualidade, o Programa de Melhoramento Genético do Abacaxizeiro da Embrapa Mandioca e Fruticultura já lançou três cultivares.
Plantação de abacaxi.
É possível plantar abacaxi em jarro.

Correspondências mágicas

  • Gênero: Feminino.
  • Planeta: Sol.
  • Elemento: Fogo.
  • Tarot: Sol.
  • O abacaxi emana energias de cura, proteção e amor.
  • Ela é ótima para ter ternura e proteção na sua casa.
  • Pode ser usado como oferenda para deuses solares e deuses relacionados a aromas como Perséfone. O seu misto de azedo e doce mostra bastante a dualidade entre Koré-Perséfone, assim como a sua coroa remete a realeza da deusa.
  • Ele pode decorar altares e banquetes de festivais da fase clara como verão e primavera.
Decoração com abacaxi.

Usos mágicos

  • Rituais:
    • Oferenda para Koré-Perséfone, deuses solares e deuses soberanos.
    • É uma fruta que pode ser usada como representação física de Perséfone.
    • Ótimo guardar suas cascas e secá-las para amuletos para a sua casa.
    • O seu suco pode ser usado em poções de glamour, proteção ou cura.
    • Por ser biodegradável, a sua coroa pode ser ofertada em ambientes naturais em honra a Perséfone.
    • Você pode ter imagens de abacaxi no seu ambiente e em jóias.
  • Cozinha mágica:
    • O abacaxi é bastante versátil na culinária, precisando apenas ser evitada por pessoas com alergia ou propensas a gastrite.
    • Você pode fazer sucos, sorvetes, chás, bolos, caldas, mouses, molhos, recheios de bolos.
Sorvete de abacaxi.
  • Outros usos:
    • Um quintal com a planta em natura;
    • Defumação com das cascas secas;
    • Banho mágico com o suco ou cascas;
    • Velas perfumadas com óleo essencial de abacaxi;
    • Sachê com as cascas secas como amuleto;
Descascando o abacaxi.

# As informações aqui não substituem a consulta médica.

Referências

  1. Wali, N. (2019). Pineapple (Ananas comosus). In Nonvitamin and nonmineral nutritional supplements (pp. 367-373). Academic Press.
  2. Debnath, B., Singh, W. S., & Manna, K. (2023). A phytopharmacological review on Ananas comosus. Advances in Traditional Medicine23(2), 291-298.
  3. Ananás. Disponível em <https://pt.wikipedia.org/wiki/Anan%C3%A1s> Acessado em 06/12/2023.
  4. Infrutescência. Disponível em <https://pt.wikipedia.org/wiki/Infrutesc%C3%AAncia> Acessado em 06/12/2023.
  5. Cultivo do Abacaxizeiro. Disponível em <https://www.embrapa.br/documents/1354377/1743390/cultivo-do-abacaxizeiro-Aristoteles-Pires.pdf/ae96e198-6d50-4a33-bd18-cd8c4e27f4ea?version=1.0> Acessado em 06/12/2023.
  6. Como plantar abacaxi. Disponível em <https://globorural.globo.com/vida-na-fazenda/como-plantar/noticia/2013/12/como-plantar-abacaxi.html> Acessado em 06/12/2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 2 =

error: O conteúdo é protegido!

Notice: file_put_contents(): Write of 109868 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 86 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 59046 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 572 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 217 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 4063 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 38553 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 102283 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 981 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 999 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 1125 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 8132 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Fatal error: Uncaught ErrorException: file_put_contents(): Write of 416 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php:172 Stack trace: #0 [internal function]: litespeed_exception_handler() #1 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php(172): file_put_contents() #2 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(809): LiteSpeed\File::save() #3 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(769): LiteSpeed\Optimize->_build_single_hash_url() #4 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(349): LiteSpeed\Optimize->_src_queue_handler() #5 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(264): LiteSpeed\Optimize->_optimize() #6 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): LiteSpeed\Optimize->finalize() #7 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(205): WP_Hook->apply_filters() #8 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/core.cls.php(477): apply_filters() #9 [internal function]: LiteSpeed\Core->send_headers_force() #10 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/functions.php(5373): ob_end_flush() #11 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): wp_ob_end_flush_all() #12 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(348): WP_Hook->apply_filters() #13 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(517): WP_Hook->do_action() #14 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/load.php(1260): do_action() #15 [internal function]: shutdown_action_hook() #16 {main} thrown in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172