Festivais solares

Equinócio de Primavera

Festival de Anábasis

  • Roda Norte: 21 a 23 de março
  • Roda Sul: 21 a 23 de setembro
  • Roda Mista: 21 a 23 de setembro
Roda do Ano Solar para Héspera com o festival na Wicca equivalente entre parênteses.

Correspondências

  • Outros nomes: Eostre, Lady Day, Alban Eilir, Easter/Páscoa (ressurreição de Cristo);
  • Comemoração da Deusa Ostara ou Eostre, e coelhos da páscoa;
  • Palavras-chave: Despertar, alegria, crescimento, beleza, harmonia, renascimento, fertilidade, rejuvenescimento;
  • Fase da lua: Quarto crescente, lua dos ventos;
  • Cores: Verde, rosa, prateado, violeta, amarelo, branco (tons claros);
  • Animais: Abelhas, borboletas, javali, pintinhos, ouriço, filhotes no geral, cavalos, fênix, coelhos, ovelhas, tordo-americano;
  • Metais: Prata;
  • Tarot: O Louco;
  • Cristais: Tons claros (ágata, água marinha, pedra-de-sangue, citrino, quartzo rosa, quartzo transparente, quartzo verde, esmeralda);
  • Ervas: Família energética da purificação e amor, flores no geral, plantas regidas por Vênus ou Marte (capim-limão, tomilho, açafrão, tulipa, sálvia, lírio, jasmim, narciso);

Mitologia Wicca

  • Representa o retorno da vida à terra.
  • Segundo a mitologia da Wicca, é uma celebração da juventude do Deus Sol e da Deusa Terra que estão cheios de vida e energia;
  • Os animais saem das tocas, as primeiras flores aparecem.

Mistérios Menores de Elêusis

  • Retorno de Perséfone do submundo para junto de sua mãe na superfície.
  • Início da fase clara do ciclo de Perséfone.
  • Ocorria no oitavo mês do calendário ático chamado de Anthestēriōn (de “Anthos”, flor), no meio do inverno.
  • Festas para despertar da fertilidade da natureza.
  • Altar com cores claras, flores e ervas aromáticas.
  • Honra aos aspectos Koré de inocência, criança interior, diversão e expansão.
  • São realizados ritos de iniciação que são pré-requisitos para a participação nos Mistérios Maiores.
  • Voltamos os estudos para herbalismo, perfumaria, bênçãos da casa e cozinha da bruxa.

Deusa Eostre e os coelhos

  • No início da primavera é celebrado o Equinócio de Primavera e são feitas honras a Deusa Eostre (ou Ostara). A origem da associação da Páscoa com Coelhos também tem relação com essa divindade pagã.
  • Deusa Ostara é uma deusa da fertilidade, amor e renascimento na mitologia anglo-saxã, nórdica e germânica. Ostara é também relacionado ao primeiro dia de primavera. Um dos símbolos desse renascimento da natureza é o ovo, devido a época de reprodução das aves, surgindo a prática de dar ovos de chocolate coloridos.
  • As lebres também são um dos primeiros animais a surgirem na transição entre inverno e primavera.
“Ostara” (1901). Artista: Johannes Gehrts. A deusa Eostre/Ostara voando através dos céus trazendo consigo sementes, luz e animais.
  • Segundo uma versão da lenda da deusa Eostre, ela teria encontrado um pássaro ferido na neve. Com a intenção de ajudá-lo, ela transformou o pássaro em lebre, mas a sua transformação foi incompleta, porque o animal continuou a colocar ovos. Como agradecimento, a lebre presenteou a deusa com seus ovos coloridos. A deusa decidiu compartilhar com as crianças do mundo a alegria que sentiu ao receber os ovos.

Feitiços e Rituais

  • Liste as suas metas para o novo ciclo;
  • Faça rituais de desapegos e novos começos;
  • Feitiços de prosperidade, paixão, fertilidade, crescimento e harmonia;
  • Faça poções a base de mel;
  • Faça feitiços utilizando ovos;

Atividades

  • Prepare o solo para o plantio de um jardim de ervas até o final da primavera;
  • Abençoe e limpe a sua casa;
  • Pratique jardinagem, colha flores;
  • Caminhe por um parque ou floresta, deite na grama, celebre a via que te rodeia;
  • Enfeite o seu altar com flores e a roda de fogo;
  • Caminhe em um labirinto e medite sobre as metas que deseja alcançar;
  • Faça uma árvore de Ostara com ovos para trazer fertilidade e alegria;
  • Presenteie com chocolate;
  • Pinte ovos de galinha com tintas naturais;
  • Faça coroas e guirlandas de serpentes de flores;
  • Guarde as cascas de ovos (bem lavadas) desse mês para adubar plantas e feitiços de fertilidade;
  • Comece a prática de um jardim devocional e dedique a uma divindade do seu culto;
  • Faça um bebedouro para beija-flores e cuide dele como ato devocional.

Oração para Ostara

“Ó grande Deusa,
Tu te libertastes da prisão gelada do inverno.
Agora tudo é verde, quando a fragrância das flores surge na brisa.
Este é começo.
A vida se renova através da sua magia, Deusa da terra.
O Deus surge e se levanta, jovem e transbordando com a promessa do verão.

(pegue um jarro de planta)
Caminho pela terra em amizade, não em dominância.
Deusa Mãe, Deus Pai,
Soprem em mim, através desta planta,
O calor para todas as formas de vida.
Ensinai-me a reverenciar a terra e todos os seus tesouros.
Que eu nunca esqueça.”

Cunningham, S. Wicca – Guia do Praticante Solitário. São Paulo: Madras, 2020.

Cozinha mágica

  • Torta de pêssego;
  • Bolo de mel;
  • Brownie de chocolate;
  • Quindim;
  • Gelatina colorida;
  • Biscoitos amanteigados;
  • Hidromel;
  • Sucos;
  • Leite;

Altares primaveris

Referências

  1. Janet e Stewart Farrar. A Bíblia das Bruxas. São Paulo: Editora Alfabeto, 2017.
  2. Cunningham, S. Wicca – Guia do Praticante Solitário. São Paulo: Madras, 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =

error: O conteúdo é protegido!