Herbário

Boldo

Boldo da liberdade

  • Existem diferentes espécies que são chamadas de boldo popularmente. Então, um dos primeiros alertas é sempre buscar de qual espécie de boldo está sendo tratada no texto que vocês lerem. A seguir coloquei uma lista das espécies mais comuns no Brasil para vocês poderem usar como guia.
  • O enfoque no texto de hoje será nas espécies espécies boldo-do-Chile (Peumus boldus) e boldo-de-jardim (Plectranthus barbatus) por serem as espécies que eu já tive acesso.
Pé de boldo (Plectranthus barbatus).

Banho de Oxalá

  • Na Umbanda, o banho de boldo é conhecido como Banho de Oxalá ou Banho de Jesus. É recomendado para limpeza de miasmas com função de descarrego.
  •  Oxalá é o maior dos Orixás, representando a liberdade e livre arbítrio. Com isso, o seu banho com boldo pode ser tomado em sua honra pedindo que todas as barreiras sejam retiradas e seus caminhos sejam abertos.

Espécies de Boldo

  • No Brasil, o boldo pode ser o nome de plantas de três famílias botânicas distintas: Monimiaceae, Lamiaceae e Asteraceae. Veja a seguir algumas dessas espécies chamadas popularmente de boldo no Brasil.
Folhas de diferentes espécies chamadas popularmente de boldo.
  • Peumus boldus
    • É endêmico do Chile, entre as províncias de Elqui e Osorno. Não é cultivada fora do Chile, porém suas folhas secas são facilmente encontradas à venda no Brasil.
    • Pertence a família das Monimiaceae.
    • O nome popular do “boldo” foi emprestado dessa espécie, nativa do Chile, por isso é chamada também de “boldo-do-Chile”.
    • Árvore com até 20 m de altura. Folhas tomentosas, aromáticas, medindo de 3,5 até 4,5 cm de comprimento, por 1,5 a 4 cm de largura. Flores brancas, em inflorescências terminais.
Peumus boldus (boldo-do-chile).
  • Plectranthus barbatus
    • É originária da região da Eritreia até Tanzânia, península Árabe, subcontinente indiano e China
    • Pertence a família das Lamiaceae.
    • Erva perene com ramos deitados sobre o solo e também eretos, semi-suculentos, densamente providos de pêlos longos, duros e grossos; folhas aromáticas, medindo de 4 a 9 cm de comprimento, por 2,5 a 5 cm de largura, opostas, ovado-oblongas, grossas, de margem serrada, pilosas em ambas as faces, curto-pecíoladas; flores hermafroditas de cinco pétalas com dois ovoltórios e metades laterais simétricas, azul-violácea, agrupadas em longas inflorescências eretas do tipo cacho.
    • Também chamada de boldo, boldo-brasileiro, boldo-do-reino, alum, boldo-nacional, malva-santa, malva-amarga, sete-dores, boldo-de-jardim, boldo-do-brasil, falso-boldo, folha-de-oxalá.
  • Plectranthus amboinicus
    • É originária da região do Quênia até África do Sul, península Árabe e Índica.
    • Pertence a família das Lamiaceae.
    • Erva com 0,4 a 1,5 m de altura. Folhas muito aromáticas, tomentosas, carnosas, com a borda serreada, medindo de 5 a 10 cm de comprimento, por 5 a 7 cm de largura. Suas flores são liláses, dipostas em inflorescências terminais.
    • Também chamada de boldo, malvarisco, malvariço, malvaisco, hortelã-grande, hortelã-da-folha-grossa, hortelã-de-folha-graúda, hortelã-da-bahia, malva-do-reino, malva-de-cheiro, hortelã-pimenta.
  • Plectranthus ornatus
    • É originária da região da África, Etiópia até Tanzânia.
    • Pertence a família das Lamiaceae.
    • Erva com até 30 cm de altura, formando agrupamentos adensados. Folhas muito aromáticas, tomentosas, suculentas, com 2,5 a 5 cm de comprimento, por 2,5 a 4 cm de largura. Flores roxo-azuladas, dispostas em inflorescências terminais.
    • Também chamada de boldo-miúdo, boldo-chinês, boldinho, boldo-rasteiro.
  • Gymnanthemum amygdalinum
    • É originária da África Tropical e presente em vários estados brasileiros.
    • Pertence a família Asteraceae.
    • Arbusto ou árvore com até 4 m de altura. Folhas com 5 a 25 cm de comprimento, por 4 a 8 cm de largura. Flores branco-amareladas reunidas em capítulos terminais. Suas flores são melíferas e muito visitadas por abelhas.
    • Também chamada de boldo, alumã, aloma, aluman, luman, alcachofra, aloma, luman, figatil, boldo-de-goiás, heparém, boldo-chinês, boldo-goiano, boldo-japonês, boldo-baiano, árvore-do-pinguço, cidreira-da-mata.

Usos medicinais do Plectranthus barbatus

  • O boldo (Plectranthus barbatus) possui grande variedade de usos medicinais tradicionais na medicina tradicional hindu e ayurvédica, bem como na medicina popular do Brasil, África tropical e China. A planta tem sido, portanto, um alvo atraente para estudos químicos e farmacológicos intensivos até agora. 
  • O óleo essencial do boldo da espécie Plectranthus barbatus cultivados no Brasil é rico em α-pineno, eremofileno, mirceno, humulenona, β-cariofileno, β-o-cimeno, limoneno, nerolidol e farnesol.
  • Além do óleo essencial, os diterpenóides abietano e os diterpenóides 8,13-epoxi-labd-14-en-11-ona são os principais constituintes encontrados em Plectranthus barbatus. 
  • Os principais usos etnobotânicos são para distúrbios intestinais e fadiga hepática, distúrbios respiratórios, doenças cardíacas e certos distúrbios do sistema nervoso. Ele é usado para aliviar a febre na África Oriental e na Índia, como tônico infantil e também como emético (provocador de vômito) utilizado pelos Samburu do Quênia para fortalecer.
  • África Oriental e na Índia, como tônico infantil e também como emético utilizado pelos Samburu do Quênia para fortalecer. Em Uganda, a planta é usada para tratar doenças espirituais. Na África, a planta é aplicada na medicina etnoveterinária, por exemplo, no Quênia, é usada no tratamento da febre costeira em bovinos. O boldo também é usado contra picadas de serpente na Índia, Gabão e Quênia, e como inseticida para proteger os estoques de grãos.
Pé de boldo (Plectranthus barbatus).
  • A forscolina, como um dos principais constituintes, com sua ativação única da adenilil ciclase, subjacente à ampla gama de propriedades farmacológicas, poderia explicar os diferentes usos tradicionais de Plectranthus barbatus
  • Forcolina está envolvida em uma série de preparações farmacêuticas patenteadas usadas como medicamentos de venda livre para o tratamento de diversas doenças. No entanto, a natureza insolúvel em água da forscolina limita a sua utilidade clínica. A forscolina serviu assim como um protótipo para o desenvolvimento do cloridrato de 6-(3-dimetilaminopropionil)forscolina (NKH477) como um potente derivado de forscolina solúvel em água que é utilizado na terapia de uma série de doenças, especialmente do sistema cardiovascular.

Cultivo do boldo (Plectranthus barbatus)

  • Ciclo de vida: perene.
  • Tamanho: 4 m.
  • Luz: sol pleno.
  • Substrato: Não tolera solos encharcados e prefere solos ácidos. Recomenda-se uma adubação com esterco de gado bem curtido, esterco de galinha ou composto orgânico, quando necessário.
  • Clima ideal: preferencialmente tropical, mas a planta se desenvolve em regiões mais frias.
  • Água: á.
  • Plantio: espaçamento de 0,5 x 1 m entre plantas, realizado em período chuvoso.
  • Propagação: sementes ou mudas produzidas a partir de estacas de galhos.
  • Observações gerais:
    • A colheita deve ser feita apenas com as folhas adultas, antes da floração. As folhas devem ser cortadas antes da secagem.

Correspondências mágicas

  • Gênero: Masculino.
  • Planeta: Mercúrio/Júpiter.
  • Elemento: Ar/Fogo.
  • Tarot: O Julgamento, A morte, O eremita.
  • Proteção, purificação, cura e habilidades psíquicas.
  • É ótimo para decorar o altar em festivais que evocam a ancestralidade, principalmente se você estiver honrando a ancestralidade africana.
  • Indicações conferem para as espécies Peumus boldus e Plectranthus barbatus.

Usos mágicos

  • Rituais:
    • O boldo pode ser usado no altar ou para fazer círculos mágicos evocando proteção dos ancestrais.
    • Ótima pedida para fazer khernips.
    • Se você tem devocional para egrégoras africanas, é uma ótima planta para atuar contigo.
    • O banho e o chá dessa erva é muito eficiente para retirada de miasmas antes e pós rituais de necromancia.
    • É uma boa erva para auxiliar em exorcismos de pessoas e lugares.
    • Fazer um travesseiro ou amuleto com um mix de ervas espirituais incluindo boldo vai auxiliar a abrir a sua intuição e ter sonhos mais claros (exemplo de mix: boldo e artemísia).
Pé de boldo (Plectranthus barbatus).

  • Cozinha mágica:
    • O uso mais comum do boldo é como chá, com predomínio de gosto amargo. A indicação tanto para o Peumus boldus e Plectranthus barbatus é de misturar 1 colher de chá de folhas secadas picadas em 150 a 200 mL de água fervente. Desligar o fogo, deixar descansar por 10 minutos, coar e beber morno ou gelado. Tomar até 2 vezes por dia.
    • Não recomendo o uso de outras espécies de boldo para uso interno por falta de conhecimento de suas propriedades no corpo físico.
    • Qualquer erva que você não tenha certeza se pode ser ingerida e/ou qual é a quantidade recomendada, você pode energizar os seus pratos com um ramo da erva no local do preparo e com gestos mágicos pelo prato preparado.
Chá de boldo.
  • Outros usos:
    • Um quintal com a planta em natura;
    • Defumação com as folhas ou flores;
    • Banho mágico com as folhas ou flores;
    • Velas perfumadas com óleo essencial de laranja;
    • Sachê com as sementes secas como amuleto;

# As informações aqui não substituem a consulta médica.

Referências

  1. Alasbahi, R. H., & Melzig, M. F. (2010). Plectranthus barbatus: a review of phytochemistry, ethnobotanical uses and pharmacology–part 1. Planta medica76(07), 653-661.
  2. Vaz, A.P.A.; Jorge, M.H.A. Boldo. Disponível em <https://www.embrapa.br/en/busca-de-publicacoes/-/publicacao/812819/boldo> Acessado em 06/12/2023.
  3. Pequeno guia não definitivo para identificação dos “boldos” cultivados no Brasil. Disponível em <https://medium.com/@andre.benedito/pequeno-guia-n%C3%A3o-definitivo-para-identifica%C3%A7%C3%A3o-dos-boldos-cultivados-no-brasil-b304ca790bf0> Acessado em 06/12/2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × três =

error: O conteúdo é protegido!

Notice: file_put_contents(): Write of 109868 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 86 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 59046 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 572 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 217 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 4063 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 38553 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 102283 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 981 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 999 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 1125 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 8132 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Fatal error: Uncaught ErrorException: file_put_contents(): Write of 416 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php:172 Stack trace: #0 [internal function]: litespeed_exception_handler() #1 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php(172): file_put_contents() #2 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(809): LiteSpeed\File::save() #3 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(769): LiteSpeed\Optimize->_build_single_hash_url() #4 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(349): LiteSpeed\Optimize->_src_queue_handler() #5 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(264): LiteSpeed\Optimize->_optimize() #6 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): LiteSpeed\Optimize->finalize() #7 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(205): WP_Hook->apply_filters() #8 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/core.cls.php(477): apply_filters() #9 [internal function]: LiteSpeed\Core->send_headers_force() #10 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/functions.php(5373): ob_end_flush() #11 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): wp_ob_end_flush_all() #12 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(348): WP_Hook->apply_filters() #13 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(517): WP_Hook->do_action() #14 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/load.php(1260): do_action() #15 [internal function]: shutdown_action_hook() #16 {main} thrown in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172