Rituais & Feitiços

Consagração

Introdução

  • Consagração é o ato de tornar sagrado algo que é profano. Para isso, é feito um ritual para atribuir mais significados ao objeto, tornando-o um símbolo para atuar na intenção declarada.
  • A princípio os instrumentos utilizados em magia não possuem poder até ele ser transmitido pelo magista, transformando-o em um instrumento mágico.
  • Algumas vertentes de magia entendem que só quem tem poder de consagrar é o sacerdote, então compreenda como funciona no paradigma que está seguindo.
  • Eu começarei o texto respondendo perguntas comuns sobre consagrações e no final eu dou um exemplo de consagração.

Devo purificar antes de consagrar?

  • A resposta rápida é: depende. Você precisa levar em conta alguns fatores antes de decidir purificar ou não. Essa decisão pode passar por critérios diferentes para cada magista.
  • Leve em conta a história do item antes de chegar na sua mão. Você opta por fazer uma purificação se desconhece as energias que já foram impregnadas nesse instrumento, se foi confeccionado de maneira profana e pode ter absorvido energias indesejadas, se o item foi usado em outro feitiço, se é muito antigo e deseja dar uma “reiniciada” na sua assinatura energética.
  • Você não faz uma purificação, se o item foi criado com uma intenção específica, se ele foi um item presenteado por um ancestral que queria o seu bem, se ele é um item vindo diretamente da natureza e que você coletou. Muitas vezes as energias prévias podem ser justamente o que torna aquele instrumento especial. Como a panela antiga da sua vó, a colher de pau que usou na sua cozinha e por aí vai…
  • Com o treinamento psíquico, você começa a sentir a energia dos objetos e conseguirá ter mais discernimento se é hora de purificar ou não. Isso vale até mesmo para itens seus que estejam há muito tempo guardados.
  • Eu, particularmente, reutilizo instrumentos como potes e itens afins em diferentes feitiços para diferentes utilidades, também não ligo de receber um instrumento de outra pessoa e reutilizar. Eu prefiro purificar e evitar que o item vire lixo após um único uso. Só jogo fora se o item realmente for perecível ou se estiver totalmente fora de uso e sem possibilidades de conserto.
  • Fique atento sempre para a incompatibilidade dos materiais para não danificar o item que deseja consagrar. Você não vai usar água para itens e cristais que enferrujam ou que se dissolvem como o tarot.
  • Um pouco mais abaixo nesse texto você terá um exemplo de purificação, mas deixo aqui uma lista de possíveis variações com símbolos que são da família da purificação para mim:
    • Purificação pelos elementos. Você pode purificar um item lavando-o em uma água consagrada como khernips, passando pela chama da vela, deixando-o enterrado, passando-o pela fumaça do incenso.
    • Purificação com selenita. O bastão de selenita é um item muito coringa para purificações mais simples, podendo ser passado ao redor do objeto para purificar ele.
    • Purificação com pêndulo de cristal ou radiestesia. Existem alguns cristais, além da selenita, que podem atuar na purificação e cura de energias antigas como o quartzo branco e obsidiana.

Quando fazer a consagração?

  • Antes de fazer a consagração, é preciso que você responda as seguintes perguntas:
    • Por onde passou esse item que vai se tornar sagrado?
    • Esse item vai ser utilizado com qual finalidade?
    • Qual energia quero que esse item contenha?
    • Ele vai ser dedicado a algum espírito ou divindade? Qual?
  • As respostas das perguntas acima vão nortear as escolhas dos símbolos que você irá utilizar durante o seu ritual de consagração.
  • Você pode fazer a consagração de um instrumento, lugar, amuletos, roupas, alimentos, bebidas ou qualquer outro objeto se você quer que ele seja utilizado com uma finalidade específica, especial ou sagrada.
  • É interessante fazer uma consagração se você sente que um objeto passou por um longo caminho antes de chegar até você, foi impregnado de energias de muitas pessoas que você conhece ou desconhece ou não sabe como ele foi utilizado antes de você.
  • Em alguns casos, não existe um consenso se existe a necessidade ou não de fazer consagrações. Isso é comum em caso de instrumentos dados por ancestrais ou instrumentos consagrados pelo uso doméstico ou instrumentos de origem natural como cristais ou varinhas.
  • De qualquer forma, sendo necessária ou não, a consagração tem um efeito, ao menos, psicológico para quem vai manusear aquele instrumento. Após a consagração, ele ganha novos significados e usos específicos, sendo tratado de forma especial.

Correspondências

  • Cada dia e horário tem energias especiais que podem influenciar no seu ritual de consagração.
  • Pensando astrologicamente, cada dia tem a influência de um planeta, signo e que está em uma estação e em uma fase da lua. O mesmo vale se você quer fazer sua consagração de dia ou pela noite. Pensar em associações que tenham relação com a sua intenção podem potencializar a energia que você quer impregnar no instrumento.
  • Sabendo as energias que você que estejam junto com o instrumento, você pode pedir auxílio de ervas e cristais para esse ritual ser ainda mais potencializado.
  • Se você quer consagrar um espelho para trabalhar aspectos ativos e de lançamento energético, prefira os dias de sexta-feira, lua crescente, durante a primavera e verão. Se você quer consagrar um amuleto de proteção, busque a noite de uma terça-feira, quinta-feira ou sábado.

Como fazer a consagração?

  • O ato de tornar sagrado tem haver com os significados que são atribuídos a um símbolo, tornando-o especial e direcionado para um uso especial, fora do ordinário e rotineiro.
  • Perceba que uma mesma atividade pode ser profana para uma pessoa, sendo feita no automático por ela, onde seus instrumentos não são mágicos, são apenas ferramentas para concluir a atividade. Sendo que para outras, a mesma atividade pode ser algo sagrado e seus instrumentos mágicos.
  • Exemplo: o ato de cozinhar para a sua família. Esse ato pode ser sagrado e dedicado a uma divindade para que sempre que você fizer algo para a sua família, toda a energia investida ser oferecida para um espírito ou divindade de devoção, pedindo também que essa entidade abençoe os alimentos. Nesse caso, todos os instrumentos da cozinha dessa pessoa são instrumentos mágicos consagrados pelo uso, já que a atividade como um todo se tornou um ritual devocional e mágico. Você também pode separar itens específicos da sua cozinha para dividir o que é para preparos rotineiros e o que é para preparos mágicos.
Energização pelo ar.
  • O ritual de consagração não precisa ser igual para todos. Inclusive, entender como você considera o ato de consagrar, torna o ritual mais efetivo para você. Segue algumas sugestões para você fazer o seu ritual de consagração, mas fique a vontade para fazer algo simples ou mais complexo, conforme o que julgar necessário:
    • Energização com divindade ou espírito. Pode ser por meio de oração, focar em um epíteto, deixar próximo de um símbolo ou estátua que represente o espírito ou divindade.
    • Energização com cristais ou astros celestes. Você pode fazer uma água energizada e limpar o item com aquela água para ela transferir essa energia para o item.
    • Energização com reiki e radiestesia.
    • Pode deixar o item enterrado próximo de uma planta com a energia que deseja que impregne no objeto.
    • Energização com ritual com uma egrégora. Nada como aproveitar um ritual de amor próprio para consagrar um espelho para práticas de glamour.
    • Energização com poção. Você pode utilizar poções já consagradas em alguma energia para ungir o seu instrumento ou passar nas mãos antes da imposição de mãos sobre o objeto.
    • Energização com oráculos. Você pode trabalhar com a energia de um arcano ou de uma runa para que a energia daquela carta ou peça seja transmitida para o objeto.

Ritual de Consagração de Tarot à Hécate

  • Eu vou apresentar aqui um exemplo de purificação de um deck novo de tarot que foi comprado novo. Apesar dele nunca ter sido usado, eu entendo que as cartas passaram por muitas mãos, desde a sua produção até a sua entrega.
  • Sem falar que eu gosto de impregnar no tarot a minha energia, a energia lunar e a energia dos deuses que eu trabalho. No mundo ideal, eu teria um deck dedicado para cada divindade que eu trabalho, ou por assunto, mas sei que é algo muito caro, longe da minha realidade e sem tanta necessidade.
  • O Tarot não pode ser molhado, então busquei uma purificação que não usa água diretamente nas cartas.
  • Percebam que sempre é importante exercitar a visualização, quando purificar visualize as energias antigas saindo do objeto como uma bruma escura. Quando for consagrar, visualize as energias chegando e mergulhando o item.
  • Sempre que for escolher símbolos ou escrever orações e encantamentos, tenha claro para si o motivo da utilização de cada símbolo. Declare claramente as suas intenções e objetivos com cada um. Em orações e encantamentos fale claramente qual é o seu objetivo com o ato mágico, seja purificar, banir ou consagrar. Fale também a quem está sendo consagrado aquele item e quais energias quer que estejam nele.
  • A purificação e a consagração podem ser encaixadas como o clímax de um ritual mais complexo.

1) Escolha do dia

  • O dia especial para Hécate no calendário helênico é o Deipnon de Hécate, que fica no dia da lua nova. Sábado por ser regido por saturno, também é um dia com energias ctônicas. Atualmente também temos a primeira lua cheia de maio como o dia dos Fogos Sagrados de Hécate.
  • Por ser a consagração de um tarot, a energia da divinação é lunar, então será feito a noite.
  • Reúna todos os itens que deseja utilizar em um mesmo local, se você já tiver um altar ou local sagrado, pode ser próximo dele.

2) Purificação com Hécate Borborophorba

  • A purificação do tarot será feita com a defumação de cascas de alho e cebola, passando a carta pela fumaça.
  • Posteriormente, um bastão de selenita será passado ao redor do tarot.
  • O epíteto Borborophorba (grego βρωμοφάγος, comedora de sujeira) de Hécate será incluindo em um encantamento que será dito durante a purificação.
  • Se você já possui um sigilo ou símbolo que remeta a Hécate ou purificação, desenhe-o em um papel e coloque o tarot em cima dele.
  • Entoe uma oração ou encantamento.

Hécate Borborophorba, peço a senhora a limpeza
Para que as energias desse tarot emane pureza
Que essa fumaça leve toda a sujeira
Para as energias indesejadas sejam purificadas na fogueira
Selenita vem para limpar
Para um novo caminho iniciar

Exemplo de oração para purificação do tarot
Purificação com bastão de selenita.

3) Consagração a Hécate Phosphoros

  • O tarot será consagrado a Hécate Phosphoros (grego φωσφόρος, ΠΦΣΦΟΡΟΣ, fósforo, portadora da luz, trazendo ou dando luz) com a intenção que os caminhos sejam iluminados através das leituras do oráculo.
  • Após a purificação, você pode limpar a mão com o khernips ou na fumaça da defumação, passar uma água energizada e impor as mãos sobre o tarot.
  • Visualize uma energia sendo transferida das suas mãos para o tarot. Foque no seu objetivo com ele e peça a deusa para estar contigo ao utilizá-lo.
  • Se você já possui um sigilo ou símbolo que remeta a Hécate, desenhe-o em um papel e coloque o tarot em cima dele.
  • Entoe uma oração ou encantamento.

Hécate Phosphoros, venho humildemente em sua presença
Para pedir que esse tarot a ti pertença
Que as mensagens desse oráculo sejam como tochas
Para gerar decisões firmes como rochas
Ofereça luz e discernimento, sensata conselheira
Junto de ti eu seja boa passageira

Exemplo de oração para consagração do tarot
  • Após a conclusão da oração, eu aproximo o tarot do representante de cada elemento e peço que as energias poderosas dos elementos estejam abençoando o tarot. Deixo o tarot no altar por um mês. Agradeço no final do período e começo a utilizar normalmente.

Que os espíritos do ar gerem clareza mental ao ler suas mensagens.
Que os espíritos da terra direcionem o meu corpo para seguir seus conselhos.
Que os espíritos do fogo favoreçam a transformação desses conselhos em ações.
Que os espíritos da água purifiquem meu coração de qualquer sentimento prejudicial.

Exemplo de bênção dos quatro elementos.

4) Armazenamento

  • O tarot consagrado pode ser guardado no seu altar em um pano ou saquinho na cor vermelha, laranja ou roxa ou em uma caixa preta com símbolos voltados a proteção ou ligados a Hécate.
  • Você pode guardar junto com o tarot de Hécate, ervas como jasmim, louro, cascas de alho e cebola.
  • Ter sempre um bastão de selenita próximo do tarot é uma boa forma de prevenir que energias indesejadas fiquem impregnadas nele.
  • Você também pode manter o tarot próximo de cristais com energias que deseja como ametista, ônix e obsidiana.
  • Todas vez antes e depois de utilizar o tarot, limpe a superfície com o khernips.

5) Descarte

  • Em algum momento, o seu tarot pode ficar velho e você pode desejar descartá-lo. Todo item mágico carrega o poder da consagração e fica com o poder do tempo de uso.
  • Você também pode optar por presentear uma pessoa que está começando a aprender tarot. Uma opção é você pegar os arcanos que te transmitam uma energia interessante e presentar uma carta para pessoas que você ama. Os arcanos que sobrarem, você pode usar em feitiços.
  • Antes de descartá-lo, repita a purificação que fez antes da consagração. Se optar por descartá-lo, faça de maneira respeitosa em um coletor que vá para a reciclagem.

Conclusão

  • Espero que tenham conseguido inspiração para montar o ritual de consagração de vocês. Com a prática, você vai entender se o item já foi purificado e consagrado ou se vai precisar que esse ritual seja repetido periodicamente. Normalmente, se é um item que você usa com constância para a finalidade que você definiu na consagração, não vai precisar refazer a consagração.
  • Perceba os instrumentos como extensões de vocês. Cuide bem deles. Converse com eles. Eles vão te responder se você estiver com os ouvidos atentos.
  • Qualquer dúvida ou sugestões, fiquem a vontade para colocar nos comentários.

Referências

  1. Farrar, S. e Farrar, J. A Bíblia das Bruxas – Manual Completo para a Prática da Bruxaria. São Paulo: Editora Alfabeto, 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + dois =

error: O conteúdo é protegido!

Notice: file_put_contents(): Write of 109868 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 86 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 59046 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 572 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 217 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 4323 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 38553 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 102283 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 981 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 999 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 1125 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 8132 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Fatal error: Uncaught ErrorException: file_put_contents(): Write of 416 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php:172 Stack trace: #0 [internal function]: litespeed_exception_handler() #1 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php(172): file_put_contents() #2 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(809): LiteSpeed\File::save() #3 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(769): LiteSpeed\Optimize->_build_single_hash_url() #4 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(349): LiteSpeed\Optimize->_src_queue_handler() #5 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(264): LiteSpeed\Optimize->_optimize() #6 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): LiteSpeed\Optimize->finalize() #7 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(205): WP_Hook->apply_filters() #8 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/core.cls.php(477): apply_filters() #9 [internal function]: LiteSpeed\Core->send_headers_force() #10 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/functions.php(5373): ob_end_flush() #11 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): wp_ob_end_flush_all() #12 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(348): WP_Hook->apply_filters() #13 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(517): WP_Hook->do_action() #14 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/load.php(1260): do_action() #15 [internal function]: shutdown_action_hook() #16 {main} thrown in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172