Bruxaria verde,  Herbalismo,  Jardim mágico

Poções

Introdução

  • São preparados mágicos que unem os poderes purificadores do elemento água e as propriedades mágicas das ervas.

Priorizem o uso externo

  • Faça sempre um teste de alergia passando um pouco da poção no antebraço.
  • É preciso ter conhecimento se a planta é segura para uso interno ou para contato com a pele.
  • Não use plantas que você não conhece em métodos de uso interno ou em contato com a pele.
  • Caso queira trabalhar com uma planta que você não tem certeza de sua segurança, busque outro método que seja de uso externo.
  • Se você está grávida ou com suspeita de gravidez, não use poções que você desconhece a concentração ou a segurança.

I) Culinária mágica

  • Na culinária mágica temos a oportunidade de trabalhar com todos os elementos.
  • A erva como a terra, o aroma como o ar, o líquido ou cremoso como água e o fogo para o cozimento.
  • Na cozinha podemos trabalhar com as ervas como chás, sucos, sobremesas, refeições.

II) Água energizada

  • É a poção mais simples. Você enche um recipiente com água potável (caso queira ingerir depois) e deixa exposto a luz da lua ou do sol.
  • Depois de energizada você pode usar essa água para poções ou para receitas mágicas.
  • Você pode aproveitar a energia de um sabbat ou de uma fase da lua específica para energizar a sua água.
  • Também pode colocar cristais próximo da garrafa para a energia dele ser transmitida para a água. Evite usar os cristais dentro da água por desconhecer se ele é solúvel ou não. Caso queira usar, prefira os polidos.
  • O mesmo dos cristais vale com ervas. Se a erva é venenosa, uma boa forma de energizar a água com seu poder, é deixar o recipiente próximo da erva.

III) Perfumes e sprays

  • São poções a base de água ou álcool para uso externo.
  • Com esse tipo de poção você está usando os poderes dos elementos ar, água e terra. 
  • É indicado para mudanças de padrões de pensamento.
  • Eles podem ser preparados a partir de tinturas e óleos essenciais.
  • Você pode usar os perfumes no corpo para atrair alguma energia para si, exemplos:
    • Perfume de glamour para quando quer se sentir mais bonita;
    • Perfume de alegria para aumentar a sua energia;
  • Você pode ter sprays para ambiente, exemplos:
    • Spray de purificação para usar antes de rituais;
    • Spray de proteção para colocar na porta de casa;

IV) Banho-mágico

  • São poções a base de água quente para uso externo.
  • É basicamente um chá de uso externo. Para saber como preparar clique aqui.
  • O banho mágico é uma ótima forma de unir a energia purificadora da água e a energia da erva.
  • Muito indicado para limpar uma energia antiga, para desapegos, questões espirituais ou emocionais.
  • É recomendado o banho de pescoço para baixo para evitar o contato do chá com as mucosas dos olhos, nariz e boca.
  • Você pode tomar o seu banho higiênico após o banho de ervas sem problemas.

V) Escalda-pés

  • São poções a base de água quente para uso externo.
  • É basicamente um chá de uso externo. Para saber como preparar clique aqui.
  • Muito indicado para aterramentos, harmonia e relaxamento.
  • Coloque 1/3 do volume da bacia com água quente e depois água fria para deixar a temperatura confortável.

VI) Pó mágico

  • Consiste na associação das energias das ervas em pó que carregam energia do elemento ar quando é soprado no ambiente.
  • Você pode usar o pó mágico misturado com água formando uma poção.

VII) Óleo de unção

  • São poções a base de óleo vegetal para uso externo;
  • O óleo pode ser usado para ungir velas, objetos mágicos, para consagrações ou para passar no corpo, fazendo símbolos;
  • Você pode consagrar o óleo para uma divindade ou ter relação com uma família energética específica para utilizá-los para rituais de inteção semelhante.
Óleo de unção.

VIII) Sabonetes

  • O sabonete pode ser líquido (usa-se base para sabonete líquido) ou sólido (usa-se glicerina);
  • Você pode incluir sementes trituradas na mistura para agir como esfoliante.
  • É uma boa opção para quem quer fazer uma manutenção ou ritual gradual, como harmonização, autoestima e proteção.
  • Você pode ter um sabonete com ervas de purificação para uso antes de rituais, por exemplo;
  • Os ingredientes você pode comprar na internet em sites de cosméticos ou em lojas especializadas.
  • Exemplos de receita (confira na íntegra aqui):

Sabonete em barra

  • Base de glicerina;
  • Óleo de amêndoas;
  • Cravo em pó;
  • Anis estrelado;
  • Argila cinza.
  • Derreta a glicerina em uma panela esmaltada, em fogo baixo. Quando estiver líquida, acrescente algumas gotas do óleo de amêndoas e duas colheres (café) de cravo e misture bem. Na forma, coloque um pouco da mistura. Em seguida, acrescente em cada forminha um pouco de anis e da argila cinza. Depois, cubra tudo com a mistura de glicerina. Deixe nas forminhas até que o sabonete seque por completo e desenforme.

Sabonete líquido

  • 200 ml de base para sabonete líquido;
  • 800 ml de água;
  • 30 ml de essência de sua preferência;
  • 10 ml de extrato glicólico;
  • Corante cosmético;
  • Anfótero.
  • Em um recipiente, misture a base para sabonete líquido com a água, acrescentando a água aos poucos. A seguir, adicione a essência, o extrato glicólico e o corante. Depois, adicione o anfótero até atingir o ponto e a textura desejados. Mexa durante todo o processo. Quando atingir o ponto, deixe a mistura descansar por 24 horas antes de colocar o sabonete na embalagem.

IX) Pomadas, cremes e bálsamos

  • Possui a mesma ideia que o sabonete. Todos são oleosos, mas os cremes possuem maior água em sua composição que as pomadas, o que facilita a sua absorção.
  • No entanto, você pode usá-lo para fazer símbolos e sigilos no seu corpo ou para energizar pontos energéticos específicos.
  • Exemplo de receita de pomada caseira (veja a receita na íntegra aqui):
  • Itens:
    • 500 g de uma gordura de boa qualidade (azeite, vaselina, óleo de coco, óleo de amêndoas ou de semente de uva, por exemplo);
    • 3 colheres de cera de abelha (também poderá usar manteiga de muru-muru, cupuaçu ou coco);
    • 20% deste volume em plantas escolhidas.
    • Normalmente, nas receitas de pomadas caseiras, indica-se o uso de gordura animal mas, não há nada que impeça você usar gorduras vegetais – para facilitar o uso, escolha gorduras vegetais que se mantenham durinhas à temperatura ambiente.
  • Modo de fazer:
    • Pique as plantas (verdes e colhidas no raiar do dia) ou use ervas secas. As proporções são diferentes: se você for usar plantas verdes, picadas, use uma proporção 3 vezes maior do que se for usar ervas já secas (as ervas secas são mais concentradas).
    • Junte as ervas picadas com a gordura escolhida e leve a fogo bem brando, mexendo sempre até o derretimento completo desta. Quando começar a borbulhar, tampe a panela (panela de vidro é a melhor mas, você também poderá usar de ágata ou aço) e mantenha o fogo até que as plantas estejam completamente cozidas (na gordura borbulhante as plantas passam seus óleos essenciais, por desidratação, para a gordura). Mantenha o recipiente bem tampado para não perder óleos voláteis por evaporação. Não mexa durante a fervura para não fazer a gordura subir. O processo é lento mesmo e as plantas devem secar sozinhas.
    • Quando terminar essa parte do processo, coe as ervas e misture o líquido quente com a cera escolhida, mexendo bem, fora do fogo, até a completa homogeneização da massa.
    • Filtre a pomada (o melhor é filtrar em tecido de algodão, branco, bem lavado e passado).
    • Depois de filtrada, a pomada está pronta. Envase em frasco de vidro com tampa e guarde na geladeira.
    • Vamos falar mais profundamente de cada um desses pontos em publicações futuras.

X) Aromatizadores

  • O uso de soluções de óleo essencial em aromatizadores pessoais ou de ambiente são formas de trabalhar energeticamente com ervas.
  • Todo o trabalho com ervas requer cuidados, mas com óleos essenciais é preciso ter um cuidado extra. Eles são concentrados das moléculas presentes na erva, com isso, se você não tiver experiência e conhecimento técnico, é muito provável de cometer o erro de uma superdosagem ou utilizar de maneira indevida.
  • Consulte aromaterapeutas confiáveis antes de usar poções nessa modalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =

error: O conteúdo é protegido!