Rituais & Feitiços

Kolossoi

Introdução

  • O kolossoi eram efígies rituais feitas em formato de bonecos na Grécia Antiga, sendo usadas pelo menos desde o século IV AEC.
  • O uso dessas efígies para fins mágicos era semelhante em todo Mediterrâneo e tinham apenas variações regionais.
  • A palavra “kolossos” (kaw-lawss-SAUCE) tem origem incerta podendo se referir a efígie de qualquer tipo. Por outro lado, o termo grego “kolossoi” (kaw-lawss-SOY) era usado principalmente para defesa contra uma energia hostil ao invés de destruí-la.
  • O objetivo geral do kolossoi é vincular algum sujeito, mas a vinculação pode ser aplicada a vários tipos de seres para vários propósitos, por conta disso também é chamado de “feitiço de ligação” ou “feitiço de amarração”.
  • Quem faz o feitiço de amarração se chama de “defigens”, enquanto quem recebe é o alvo, objeto ou sujeto.
  • O uso da técnica de bonecos para realização de magia não se restringe a uma religião ou cultura, sendo repetida com diferentes paradigmas ao longo da história em diferentes povos.
  • A intenção do magista que determina a ação da magia, então nenhuma técnica vai ser essencialmente boa ou ruim, tudo depende da energia colocada sobre ela. Não faça esse tipo de feitiço levianamente, assim como nenhum outro.
Boneca mágica feminina nua em posição ajoelhada, amarrada e perfurada com treze alfinetes. Encontrado em um vaso de terracota com uma placa de chumbo contendo um feitiço de ligação (katadesmos). Século IV AEC. Museu do Louvre, França.

Kolossos

  • Nem sempre você vai encontrar o termo kolosso ou kolossoi em fontes primárias (textos clássicos) se referindo ao feitiço de ligação, então fique atento.
  • Segundo a hipótese de Wilamowitz na década de 1920, o termo kolossos teria começado a ser usado também para denominar estátuas colossais a partir do século I EC, por conta da estátua de 33 m de Hélio em Rodes.
  • Por outro lado, o argumento de Georges Roux diz que o colosso de Rodes seria um termo usado para estátuas de pernas não separadas que eram chamadas de kolossoi. Segundo ele, o colosso de Rodes era um pilar com uma cabeça em cima.
  • A hipótese de Benveniste diz que o kolosso é uma forma de duplo para uma pessoa viva, independente de seu tamanho.
O colosso de Rodes, segundo gravura do século XIX. O colosso de Rodes (em grego clássico: ὁ Κολοσσὸς Ῥόδιος) foi uma das mais altas estátuas do mundo antigo com 70 côvados ou 33 metros do deus Hélios erguida na cidade de Rodes por Chares de Lindos em 290 ou 280 AEC. Uma das setes maravilhas do mundo, construído para comemorar a vitória de Rodes contra o cerco de Demetrius Poliorcetes. O monumento foi destruído durante um terremoto de 226 AEC e nunca foi reconstruído.

Quando fazer um kolossoi?

  • Existem diferentes situações que você pode usar a ferramenta mágica do kolossoi. Ele normalmente é feito em feitiços de ligação ou amarração, onde o alvo do feitiço se torna o kolossoi.
  • Exemplos de situações onde pode ser usados:
    • Firmar juramentos, de modo que quem quebrasse o juramento teria o mesmo destino do kolossoi.
    • Afastar doenças, onde o enfermo é o kolossoi e a parte doente é assinalada, ou até mesmo o exorcismo da doença para dentro do kolossoi que seria afastado de todos.
    • Infligir a maldições para que o alvo da maldição é o kolossoi. Neste caso, o kolossoi é submetido a situações que o alvo sofreria ou ficaria com símbolos ou placas de imprecação próxima deles. Pode ser usado para conter espíritos de feiticeiros que estejam enviando fantasmas ou causando danos.
    • Invocação de espíritos de entidades ou animais poderiam ser feitas para dentro do kolossoi para transportar esses espíritos consigo. Quando se trata de espírito de pessoas que morreram, o kolossoi só atua para conter o espírito e afastá-lo, já que o espírito já se trata de alguém que morreu.
    • Exorcismo de espíritos ou fantasmas, onde o kolossoi funciona como local para transferência do espírito indesejado.
    • Amarrações amorosas, onde o kolossoi representa a pessoa amada e poderia estar junto de uma roupa ou cabelo do alvo. Pode ser para tornar alguém fiel ou restringir um rival.
    • Auxílio na passagem entre vida e morte, onde eram colocados junto da sepultura da pessoa que morreu de forma violenta ou precoce para pedir auxílio aos deuses para a alma da pessoa descansar em paz. Ele pode fazer parte dos ritos funerários.
    • Conter a energia de um espírito ou divindade que pode estar causando danos ou favorecendo um inimigo.
    • Proteção de casas, templos ou limites de construções enterrando um kolossoi próximo a porta de entrada da propriedade para afastar invasores. Era muito utilizado para proteger famílias e indivíduos. Esse tipo de proteção poderia ser refeita periodicamente.

Como fazer um kolossoi?

  • O seu kolossoi pode ser feito em diversos materiais, entre eles: metal (bronze, prata, chumbo), argila, barro, madeira, cera ou massa de modelar. Ele também pode ser um desenho ou feito como uma boneca de pano ou papel.
  • A aparência do seu kolossoi não determina a sua eficiência, então não precisa se preocupar se ele não está parecido com o alvo do feitiço. No entanto, se você quer fazer uma magia direcionada para alguma região específica do corpo como uma cura de queda capilar ou de dores na mão ou nos pés, é interessante que essa região seja representada com maior cuidado.
  • Normalmente o kolossoi é feito nu e com um exagero das genitais, pés ou alguma parte específica do corpo. Geralmente algumas partes da boneca são torcidas para trás, para indicar a incapacitação do alvo. Frequentemente, a cabeça é torcida para trás, ou pelo menos extremamente para a esquerda, para causar confusão. Também é comum que os pés fiquem para trás e, às vezes, os braços ou todo o tronco.
  • O kolossoi é muitas vezes perfurado com pregos ou agulhas (13 é um número popular), normalmente feitos de ferro ou bronze, embora presas de animais e outros materiais possam ser usados. Cada prego ou agulha transfixa alguma parte do corpo representando uma habilidade do alvo que será afetada, que assim paralisa, mas sem destruí-la. Por exemplo, pregos nos olhos, ouvidos e boca paralisam as faculdades cognitivas, enquanto pregos no coração podem restringir a vontade, e pregos nos membros causam paralisia ou perda de força.
  • Além de estar paralisada, a figura está normalmente amarrada. Por exemplo, os braços podem ser amarrados (geralmente atrás das costas), as pernas podem ser amarradas e, às vezes, os braços são amarrados às pernas. Pode haver um colar em volta do pescoço ou uma faixa em volta da boca (que pode conter um prego ou estaca). 
  • Às vezes, o kolossoi está vinculado a outro objeto que se relacione com o alvo as “ousia” (substâncias) ou testemunhos, por exemplo, um pouco de cabelo, aparas de unha ou um pedaço de roupa, podem ser incrustadas no umbigo de uma figura de cera. 
  • O kolossoi é identificado com seu alvo por encantamento ou inscrição, na maioria das vezes por ambos. O alvo (divindade, fantasma, pessoa) é mencionado pelo nome se seu nome for conhecido, muitas vezes incluindo um patronímico ou mencionando a mãe do sujeito, por exemplo, “Beltrano quem Fulana gerou”. O nome do alvo geralmente é inscrito no lado esquerdo do kolossoi, mais frequentemente no quadril, perna ou braço; o nome também pode ser escrito em tinta vermelha. O nome geralmente é acompanhado por uma placa de imprecação. O kolossoi pode ser moldado em torno de um papiro contendo um feitiço mencionando o nome do sujeito.
  • Você pode ter um kolossoi tatuado na sua pele, onde você atribui a energia do seu alvo através de pastas de ervas e testemunhos com a energia do alvo. Esse tipo de magia precisa ter uma vinculação e desvinculação determinada para a utilização da tatuagem para outro alvo.
  • Etapas básicas para fazer o seu kolossoi:
    1. Faça uma representação de quem é alvo da sua intenção. Após o encantamento, o boneco se torna o alvo e não apenas uma representação;
    2. Fale encantamentos, grave símbolos relacionados com a sua intenção ou deixe próximo dele um papel ou placa com a sua intenção ou encantamento. O poder do feitiço é aumentado pelo uso de repetição e métrica do encantamento; também, múltiplas divindades podem ser invocadas e seus epítetos ou ofícios listados;
    3. Faça oferendas para atrair a energia que deseja para o kolossoi;
    4. Coloque agulhas ou pregos nas regiões do alvo que deseja afetar;
    5. Destrua o seu kolossoi caso não queira que o alvo da intenção consiga ter acesso a ele, guarde-o próximo de si caso a intenção seja ter aquela energia contigo ou guarde-o em local seguro caso represente alguém querido.
    6. Tenha um contrafeitiço para caso queira romper a ligação entre o alvo do feitiço e o kolossoi. Deixe claro o que fará caso queira que o efeito seja interrompido.
Kolossoi helenístico de Delos com braços, pernas e boca amarrados.

Eu, por meio deste, vinculo Fulano que Beltrana gerou!

Exemplo de encantamento de ligação.

Que Fulano seja derrotado! Deixe Fulado ser ser contido!

Exemplo de encantamento de ligação.

Ó Hermes, contenha Fulana! Entrego Fulana na mãos dos deuses! Eu amarro Fulana nascido de Beltrana, em sua presença! Que ela tenha mãos, pés e corpo detidos!

Exemplo de oração de pedido de contenção.

Assim como esta liderança é fria e impotente, também frio e impotente é Fulana, frio em conhecimento, pensamento, memória! Sua alma, sua mente, sua língua, seus planos: que todas essas coisas sejam distorcidas!

Exemplo de encantamento de ligação.

Assim como os mortos são impotentes e imóveis, tão impotente e imóvel será Fulana, seus pés, mãos e corpo!

Exemplo de encantamento de ligação para kolossoi enterrado em cemitério.

Assim como esta imagem derrete e flui, que aquele que quebra esta promessa também derreta, e pereça toda a sua semente e propriedade!

Exemplo de encantamento de ligação para juramentos.

Enquanto o selvagem Ares permanecer no solo, enquanto nesta nossa terra não serão encontrados inimigos!

Exemplo de encantamento de ligação para proteção de propriedades.
Uma antiga “boneca vodu” de Chalkis, Grécia, século III AEC e uma pequena skyphos com uma maldição, século IV AEC, como visto no Museu Arqueológico de Chalkis.
  • Formas de destruir o kolossoi para o alvo do kolossoi não conseguir encontrar ele e destruir a ligação (em caso de inimigos ou espíritos indesejados):
    • O kolossoi poderia ser feito de cera e destruído ritualisticamente em fogo enquanto se falava maldições para aqueles que quebrassem um juramento feito para que fossem destruídos como o kolossoi.
    • Outra forma de destruir o kolossoi é através do confinamento em caixa de chumbo com tampa apertada ou envolto em folha de chumbo, ou colocado dentro de um caldeirão ou caixa de cobre ou bronze para serem enterrados em um cemitério, santuário ou terreno não cultivado. Chumbo é um material que é um tradicionalmente usado em feitiços de ligação.
    • Frequentemente, o recipiente onde o kolossoi é confinado é inscrito, por dentro ou por fora, com nomes, feitiços, faixas e/ou figuras. Estes também podem ser escritos e desenhados em papiro, que é então usado para embrulhar os kolossoi. 
    • O kolossoi pode ter a cabeça cortada e enterrada separada do corpo, evitando que sejam unidas ou pode ter partes do corpo pisoteadas ou esmagadas;
    • Os kolossoi também poderiam ser jogados em águas profundas como um poço ou oceano.
    • Tanto a terra quanto a água são caminhos para as divindades ctônicas.
Kolossoi em seu contêiner.
  • Exemplos de situações:
    • Se um espírito indesejado chamado “Hikesioi Apaktoi” (visitantes hostis) fosse enviado contra uma família e se a identidade da pessoa que a envia fosse desconhecida, se fazia um kolossoi masculino e outro feminino de madeira ou barro deveria ser feito e comida deveria ser colocada diante deles. Depois os kolossos e a comida eram levados para longe, como uma floresta e eles deveriam ser fixados no chão. Sendo assim, os espíritos estariam sendo apaziguados pela comida e exorcizados do local para dentro dos kolossos e então, ele seria afastado de todos.
    • Onde há vários inimigos (por exemplo, uma família ou um exército), três kolossoi são normalmente usados, no princípio da pars pro toto (uma parte pelo todo).
    • Frequentemente, o recipiente é inscrito, por dentro ou por fora, com nomes, feitiços, faixas e/ou figuras encadernadas. Estes também podem ser escritos e desenhados em papiro, que é então usado para embrulhar os kolossos.
    • Em alguns casos, o kolossoi em seu recipiente é colocado em uma panela de barro, para contê-lo ainda mais. Finalmente, você deve descartar o kolossoi e seu(s) recipiente(s).
    • Eles podem ser jogados em águas profundas, como um poço ou oceano, ou mais comumente enterrados, por exemplo, em um cemitério, santuário ou terreno não cultivado.
Kolossoi em caixa de chumbo Kolossoi de um túmulo em Ceramicus).
Kolossoi por Hearth of Haemonia.
  • A prática das bonecas Kolossoi também era frequentemente associada as placas de imprecação.

Contra-feitiço

  • A desvinculação (eklusis) pode ser necessária em algumas situações onde você deseja que o efeito de ligação entre o kolossoi e o alvo seja desfeito.
  • De maneira geral, o defigens pode pedir para que os deuses que auxiliaram a fazer a ligação desfaçam ela. Você pode fazer esse pedido por meio de sacrifícios aos deuses.
  • A ligação também pode ser desfeita quando o defigens ou o sujeito encontra o kolossoi desfaz o símbolo da amarração como retirada dos pregos, agulhas e amarras do kolossoi, deixando os membros do kolossoi na posição correta e livres.

Referências

  1. Polome, E. C. (1998). Magika Hiera: Ancient Greek Magic and Religion. Journal of Indo-European Studies26(3/4), 505.
  2. Dickie, M. W. (1996). What is a Kolossos and how were Kolossoi made in the Hellenistic Period?. Greek, Roman, and Byzantine Studies37(3), 237-257.
  3. Faraone, C. A. (1991). Binding and burying the forces of evil: the defensive use of “voodoo dolls” in ancient Greece. Classical Antiquity10(2), 165-220.
  4. Ogden, D. (2002). Magic, witchcraft, and ghosts in the Greek and Roman worlds: a sourcebook. Oxford University Press, USA.
  5. Faraone, C. A. (1997). The agonistic context of early Greek binding spells. Magika Hiera, 3-32.
  6. Construction and Use of Ancient Greek Poppets. Disponível em <http://opsopaus.com/OM/BA/GP.html> Acessado em 07/04/2023.
  7. George Papadopoulos. Ancient curses and “voodoo dolls”. Disponível em <https://balkazaar.com/2022/08/07/ancient-curses-and-voodoo-dolls/> Acessado em 07/04/2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 1 =

error: O conteúdo é protegido!

Notice: file_put_contents(): Write of 109868 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 86 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 59046 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 572 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 217 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 4323 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 38553 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 102283 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 981 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 999 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 1125 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Notice: file_put_contents(): Write of 8132 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172

Fatal error: Uncaught ErrorException: file_put_contents(): Write of 416 bytes failed with errno=122 Disk quota exceeded in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php:172 Stack trace: #0 [internal function]: litespeed_exception_handler() #1 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php(172): file_put_contents() #2 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(809): LiteSpeed\File::save() #3 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(769): LiteSpeed\Optimize->_build_single_hash_url() #4 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(349): LiteSpeed\Optimize->_src_queue_handler() #5 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/optimize.cls.php(264): LiteSpeed\Optimize->_optimize() #6 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): LiteSpeed\Optimize->finalize() #7 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(205): WP_Hook->apply_filters() #8 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/core.cls.php(477): apply_filters() #9 [internal function]: LiteSpeed\Core->send_headers_force() #10 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/functions.php(5373): ob_end_flush() #11 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(324): wp_ob_end_flush_all() #12 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(348): WP_Hook->apply_filters() #13 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/plugin.php(517): WP_Hook->do_action() #14 /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-includes/load.php(1260): do_action() #15 [internal function]: shutdown_action_hook() #16 {main} thrown in /home/u360919147/domains/submundoperiferico.com/public_html/wp-content/plugins/litespeed-cache/src/file.cls.php on line 172